• Yohanna Emmelly

ELEIÇÕES 2022: Teresa Surita é agora candidata ao governo de Roraima

Atualizado: 2 de ago.

MDB realizou evento de confirmação de sua candidatura no Stúdio 55, em Boa Vista, na zona sul da capital.


Por: Aysha Estrada, Camilla Salustiano, Cecilia Veloso, Fernanda Fernandes, Fernanda Vasconcelos e Yohanna Menezes.

Foto: Divulgação

O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) realizou sua convenção partidária nesse último sábado (30), em Boa Vista. No evento, Teresa Surita oficializou a candidatura ao Governo de Roraima.


Antes da oficialização, a candidata realizou uma motociata que começou na Praça do Centro Cívico, localizado no centro de Boa Vista, e foi até o Studio 55, no bairro São Vicente, onde ocorreu o evento.

Foto: Divulgação

“No primeiro dia [do mandato], nós vamos começar a fazer todos os projetos que forem necessários. No final de quatro anos, nós vamos ter um novo estado”, afirmou Teresa Surita.

Pela segunda vez, a ex-prefeita concorre ao Governo de Roraima, no qual foi derrotada em sua primeira candidatura no segundo turno, em 1998, por Neudo Campos.


A candidata tem uma longa carreira política, que teve início em 1990, quando foi Deputada Federal por Roraima. Teresa venceu a sua primeira disputa como prefeita de Boa Vista em 1993. Além de ter comandado a capital por dois mandatos seguidos, sendo de 2001 a 2008 e de 2013 a 2020.


A convenção também oficializou Romero Jucá, presidente do MDB em Roraima, como candidato ao Senado. O candidato é ex-marido e braço direito da atual candidata.


A sua chapa tem como vice o deputado Édio Lopes, presidente do Partido Liberal (PL) em Roraima - mesmo partido do presidente Jair Bolsonaro, ao qual Teresa declarou apoio pela disputa à presidência da República.


Segundo a assessoria de imprensa da candidata, o evento lotou o Studio 55 e superlotou as ruas, onde foi organizada a convenção. Teresa ainda falou em seu discurso sobre o que chamo “tentativa de esconder o abandono do estado com propagandas enganosas”.

“Nada supera a verdade. Não tem propaganda que mude aquilo que você vê nas ruas. Não tem boato que apague o que está no coração de cada um de nós”, declarou a candidata, em crítica direta à gestão de Antonio Denarium.

Aos eleitores, o abandono de prédios históricos e escolas da cidade podem ser motivo de voto em Teresa, já que ao contrário do atual governador, a candidata possui reconhecimento quando o assunto é cuidado urbano. Teresa possui grande aprovação do público pela construção e manutenção de pontos turísticos e praças por toda cidade de Boa Vista.


O estudante de jornalismo, Caíque Rodrigues, aproveitou a oportunidade para sugerir à agora candidata algumas linhas de ação para um possível governo seu: “Como sugestão, gostaria que a Teresa desse valor às edificações abandonadas em Boa Vista, que é onde eu moro. Temos não só o Ginásio Totozão, como os parques aquáticos todos abandonados e jogados às traças. No Parque Anauá, tudo é escuro, abandonado, falta segurança, falta saneamento, é cheio de mosquitos, impossível caminhar de noite por lá".

O teatro Carlos Gomes é um descaso com a cultura e a história de Roraima. Hoje é lar de lixo. Todos esses locais são de responsabilidade do governo de Roraima, e carregam não só o valor útil à população como também o valor histórico, da identidade do estado”, disse Caíque Rodrigues.

Outro estudante, Ruan Santos, sugere que em um possível mandato Teresa Surita valorize a cultura. "Também queria que nossa cultura fosse valorizada. Implementar projetos, recursos e outras coisas podem ajudar na melhoria e valorização da cultura do nosso estado. Como já tive experiência quando ela foi prefeita da cidade de Boa Vista, creio que fará".

Nosso Estado é rico em cultura assim como é rico por natureza. A educação também é outro ponto importante para nosso estado. Grande parte das escolas que pertencem ao estado estão acabadas, ao menos no bairro em que moro. Não vejo o investimento devido nas mesmas”, afirmou Ruan Santos.

A segurança, educação e saúde também foram outros pontos citados entre os eleitores que desejam ver essas áreas essenciais para a sociedade ganharem investimentos e melhorias por parte do governo estadual.

“Trazer mais insumos para a saúde, pois a saúde do interior está abandonada. As estradas estão precárias e o meu irmão está estudando em uma escola onde as cerâmicas estão saindo. Quero que faça as reformas e tudo bem feito e que não fiquem maquiando as coisas”, afirmou Elane Oliveira, moradora do município de São João da Baliza.

Alexandre Marques, estudante de direito também espera que o próximo governo reprima o garimpo ilegal no Estado. “Eu espero que haja ação de repressão ao garimpo porque isso é dever do estado e não estimular que esse crime se perpetue. Também espero que haja repressão aos roubos e furtos para que possamos viver em um estado com uma boa segurança e também investimento para a educação, pois é dessa forma que estruturamos uma sociedade melhor”, afirmou Alexandre.

De acordo com o cientista político, Paulo Racoski, demandas como essas ocorrem porque os eleitores estão saudosos de um estado saudável.

"As pessoas sentem falta do amplo progresso material na década de 1990 e meados de 2000, antes da crise dos gafanhotos. Até ali, tinham boas estruturas como parque olímpico, ginásio poliesportivo, piscinas públicas, parque Anauá. Incentivaram a juventude a prática esportiva. Era um grande salto nesse período. Mas, com a crise, desmoronou. Então, eu acredito que o projeto da Teresa pode ganhar apoio devido a isso”, pontuou o cientista político.

O apoio de Jair Bolsonaro


No ano de 2018, o atual presidente, Jair Messias Bolsonaro, teve maioria de votos no estado de Roraima, considerado um dos estados mais conservadores do Brasil. Por isso, estar ao lado de Bolsonaro é uma forma de conseguir mais votos dos roraimenses.


Com o apoio de Bolsonaro, Antonio Denarium ganhou força e votos para se eleger no ano de 2018, apesar do futuro incerto no período pré-campanha e com a mudança de partido do atual presidente, Denarium se manteve ao lado dele demonstrando seu apoio e apreço por Bolsonaro em postagens feitas em suas redes sociais e contando com o apoio do presidente à sua reeleição.


Após muitas especulações, Teresa Surita (MDB) declarou seu apoio a reeleiçao do candidato à presidência. Segundo sua assessoria, foi confirmado por Valdemar Costa, presidente do PL (Partido Liberal) - atual partido de Bolsonaro - o mesmo de Édio Lopes (vice de Teresa), que Bolsonaro estará ao lado de Teresa Surita em sua campanha.

“Quando vai uma autoridade daqui para Brasília, o presidente Bolsonaro tem que tratar bem qualquer representante, mas eu quero dizer que o Bolsonaro está no PL, no partido do Édio. E, é com ele que nós vamos caminhar nessa campanha”, disse Valdemar Costa.

Para muitos eleitores de Bolsonaro em Roraima, Teresa manifestou seu apoio ao presidente apenas para conseguir mais votos, assim como sua fala sobre religião e ideologia de gênero nas escolas, assuntos que antes não eram abordados pela candidata. “Ela começou a falar de Deus agora. Nunca foi crente, só fez isso pra enganar o povo já que falar de Deus está na moda e traz mais votos”, afirmou a eleitora.


Em 26 de julho, dias antes da convenção de Teresa, ocorreu a convenção do atual governador do estado, Antonio Denarium, que manteve seu apoio ao presidente Bolsonaro. Até o momento, o presidente não expressou publicamente apoio a nenhum dos candidatos ao Governo de Roraima.


* Conteúdo experimental desenvolvido na disciplina de JOR53 - Jornalismo Especializado I.

15 visualizações0 comentário