• caiquemateusrs

ELEIÇÕES 2022: Locais administrados pelo Governo do Estado sofrem com abandono

Atualizado: há 1 dia

Os moradores de Boa Vista Leoni Rodrigues, 53 anos, e Igor Tatagiba, 28 anos, descrevem o Parque Anauá e o Ginásio Totozão como "abandonados".


Por: Alessandro Leitão, Caíque Rodrigues, Ruan Carneiro e Yara Ramalho


Foto: Ruan Carneiro


Moradores de Boa Vista se queixam da falta de conservação de patrimônios públicos estaduais como o ginásio Totozão e o Parque Anauá, localizados na zona Leste da capital, que apresentam marcas de abandono. Eles questionam o Governador de Roraima e atual pré-candidato à reeleição, Antonio Denarium (PP), se será dada prioridade à esses locais caso seja reeleito.


Denarium enfrenta como principal rival na corrida pelo executivo de Roraima em 2022 a ex-prefeita de Boa Vista Teresa Surita (MDB), que conta com popularidade na capital do estado. Com isso, o atual governador terá o desafio de conquistar o eleitorado boa-vistense para garantir a reeleição.


A assessoria do governador foi procurada, mas até o presente momento, não se manifestou a respeito dos questionamentos.


Foto: Ruan Carneiro


A chefia do poder executivo do estado é o primeiro cargo público exercido por Denarium, que se elegeu em 2018 surfando na onda Bolsonarista da época. Antes de ser governador de Roraima Antonio Denarium era empresário do ramo de agronegócio, principalmente do mercado de soja e, por isso, é mais popular nos interiores de Roraima do que na capital.


Teresa Surita deixou o cargo de prefeita de Boa Vista com 57% da população da capital desejando a continuidade da gestão, conforme apontamento publicado pelo G1.


A reportagem ouviu a professora aposentada Leoni Rodrigues, de 53 anos e o arquiteto de 28 anos Igor Tatagiba, que se queixaram do estado de conservação de patrimônios públicos administrados pelo estado, localizados em Boa Vista.



'Está tão abandonado que ninguém usa'


Para a professora aposentada, que mora no Bairro dos Estados, zona Leste de Boa Vista, mesmo bairro em que o Parque Anauá está localizado, a situação descrita por ela como de "abandono" afeta não só os moradores do bairro como toda a capital.


"A situação aqui é feia. Eu costumo caminhar e me exercitar pelas redondezas da minha casa e não me sinto segura de andar pelo parque a noite por conta da escuridão e por isso prefiro andar por outro lugar mesmo", conta a professora.


Foto: Ruan Carneiro


Para ela, a situação do parque piora mais quando chega o período de chuvas. Ela relata "infestação" de mosquitos, não só no parque mas em todo o bairro por conta da falta de conservação.


"Eu temo pela minha saúde. Aqui quando chove, fica tudo alagado e os mosquitos fazem a festa em todo o bairro. Tenho medo de pegar uma dengue, uma zica... isso é muito perigoso".

Ela conta que a situação do Ginásio Poliesportivo Vicente Ítalo Feola, conhecido como Totozão, não é diferente. O abandono é sentido há mais de uma década. "O ginásio era cheio de eventos. Eu tenho uma ligação com o local pois meus filhos, quando eram criança, costumavam se apresentar nos festivais que aconteciam lá. Era muito lindo. Hoje não tem mais nada, nem sei o que acontece lá".


Foto: Ruan Carneiro


Ela cobra providencias para que os locais sejam melhor conservados.

"Quando chega época de eleição todos falam que vão fazer alguma coisa mas nunca fazem. Quero saber se o Governador vai tomar alguma atitude a respeito, já que ele tem poder para fazer isso agora mesmo, se ele quiser. Não tem desculpa".

Já o arquiteto Igor Tatagiba destaca que só não frequenta o Parque Anauá pelo estado descrito por ele como de "abandono" em que se encontra. "Enquanto usuário, o Parque Anauá para mim não influencia tanto, pois não um local que eu frequento. Mas, eu acho que eu só não frequento por ele está deteriorado. Está tão abandonado que ninguém usa. Se ele estivesse melhor conservado talvez pudesse ser um ponto de encontro e um lugar frequentado como já foi", confessa o arquiteto.


Foto: Ruan Carneiro


Tatagiba cobra prioridade na conservação de locais que disponibilizem aos moradores de Boa Vista maior bem-estar e qualidade de vida.


"Enquanto cidadão, eu acho o abandono um absurdo. O Parque Anauá é o maior parque do Norte e ele estar nessas condições escancara muito a prioridade que o Governo dá para a qualidade de vida dos cidadãos - que no caso é nenhuma".

"Tem mais de dez anos que o parque está daquele jeito. É uma questão que eu acho que escancara um abandono em detrimento do bem estar social. O parque já foi um local movimentado" reelmbra o arquiteto Igor Tatagiba.


Governo Denarium

Foto: Poder360


Eleito em outubro de 2018 com mais de 136,6 mil votos, Antonio Denarium (então no PSL) chega a (quase) quatro anos de governo marcado por polêmicas ao longo de seu mandato. Saindo como vencedor em um segundo turno disputado com o ex-governador José de Anchieta (PSDB), Denarium foi acusado de agiotagem, fez mudanças constantes no alto escalão e precisou enfrentar uma pandemia.


Antonio Denarium assumiu o cargo antes da data prevista, após o início da intervenção federal que afastou do comando a ex-governadora Suely Campos (PP), em dezembro do mesmo ano. Após 21 dias à frente da gestão do estado como interventor federal, em 1º de janeiro de 2019, o político tomou posse do cargo.


Durante seu primeiro discurso como governador, logo após tomar posse, Denarium relatou a apresentação de um plano de recuperação fiscal ao governo federal, a realização de uma reforma administrativa e a geração de emprego e renda.


Perto de uma nova eleição, o então governador enfrenta problemas na área eleitoral e coleciona polêmicas.


VEJA TAMBÉM:

- Governador Antonio Denarium anuncia pré-candidatura para reeleição em 2022

- Relembre polêmicas que marcaram o primeiro governo Denarium

- Denarium segue demonstrando apoio a Bolsonaro

- Antonio Denarium é condenado pela quinta vez por propaganda antecipada




29 visualizações0 comentário