• criativoj

ELEIÇÕES 2022: Capital da primeira infância - conquistas e problemas

Atualizado: 31 de mai.

Por: Camilla Salustiano, Aysha Estrada, Fernanda Fernandes, Fernanda Vasconcelos, Maria Cecília Veloso e Yohanna Emmelly


Projeto implementado no governo de Teresa Surita rende titulo de "Capital da primeira infância" para Boa Vista


Foto: Prefeitura de Boa Vista


A Pré-candidata Teresa Surita (MDB) ressalta no seu site que a Capital Boa Vista é um exemplo para o acolhimento e a atenção em todas as cidades do interior, pois seu segredo para ter uma geração melhor é trabalhar desde da primeira infância.


Teresa, pré-candidata ao Governo de Roraima, enquanto era gestora da Prefeitura de Boa Vista, implantou projetos sociais que trouxessem benefícios para pessoas em situação de vulnerabilidade - dentre eles o Projeto Crescer, o Programa Família que Acolhe e a Selvinha Amazônica.


O trabalho que foi implantado pela pré-candidata é referência como política pública, por trabalhar com projetos que atendem crianças desde a gestação até os seis anos de idade.



Foto: Prefeitura de Boa Vista


A implantação da "Selvinha Amazônica" foi feita junto com o novo parque do Rio Branco, o local conta com 6.984 m² e mais de 160 brinquedos para as crianças. É inegável o quanto a mudança afetou a geração mais nova da cidade que hoje tem um local completo de atrações para a diversão. "Eu adoro toda vez que a gente vai e posso correr na água e fazer mais amigos e brincar em vários brinquedos". Esse foi o relato de Davi Lucas, 8 anos.


Foto: Prefeitura de Boa Vista


Já o programa "Família que Acolhe" surgiu em 2013 e atualmente atende 7.720 beneficiários. Pais e mães que participam do programa garantem vaga para os seus filhos de 2 a 4 anos nas "Casas Mães" que são as creches diferenciadas da prefeitura de Boa Vista.


Uma das beneficiárias do programa Família que Acolhe, conta o quanto o projeto ajudou no ano de 2020. “Eu achei muito prático o processo de matrícula do meu filho, porque eu como mãe de primeira viagem não sabia nem onde ir para matricular e eles me deram toda a assistência que eu precisava. No maternal, os alunos têm os materiais e os fardamentos disponibilizados por eles. E sem falar que a infraestrutura é ótima. E sem falar que uma creche particular é muito caro e eu ainda teria que arcar com as despesas”, diz a mãe.


Outra versão


Pessoas que estão fora do programa têm uma certa dificuldade em conseguir vagas na Casa Mãe - as creches disponibilizadas pela prefeitura de período integral. Muitas mães precisam das creches para que possam buscar uma fonte de renda, pois não têm com quem deixar os filhos.


Caroline Lima, mãe e dona de casa, em entrevista contou sobre a dificuldade em matricular a sua filha na Casa Mãe. “Eu tentei matricular a minha filha desde 2020 na Creche. Naquele ano eu não consegui porque a minha filha completava dois anos somente em maio e já não tinha mais vaga quando ela completou. Eu precisava dessa vaga para poder procurar um emprego, porque não tenho com quem deixar a minha filha.” explica a mãe



Fotos: G1 e Roraima 1


Além das Casas Mãe, o Hospital da Criança Santo Antônio atende crianças de até 13 anos de idade e é uma das referências da pré-candidata. Apesar da reforma ainda ter sido feita durante o seu antigo mandato, muitas pessoas relatam acontecimentos negativos que ocorreram naquele ano, como a espera demorada ou o mal atendimento.


“Meu filho tem asma e sempre com a mudança de clima ele acaba tendo crises severas da doença. Diversas vezes precisei levar ele até o Hospital da criança e em muitas dessas vezes passei mais de dez horas no hospital. Além da espera ser cansativa são muitas crianças juntas que podem até contaminar umas às outras. Mas é o que temos! Não tenho como pagar por consultas em clínicas particulares a cada vez que meu filho fica mal", disse Marcela Moreira, mãe e vendedora, ao ser entrevistada.


Sobre Teresa Surita e sua pré-candidatura ao governo do estado de Roraima


Em um grande evento transmitido ao vivo pelas plataformas digitais, como YouTube, Facebook e Instagram, a ex-chefe da Prefeitura Municipal de Boa Vista lançou sua pré-candidatura ao governo estadual. Ela também anunciou Édio Lopes (PL) como o escolhido para compor sua chapa como vice.


Para saber mais clique aqui.

45 visualizações0 comentário