top of page
  • Foto do escritorAmazoom

PPGCOM-UFRR participa de dois projetos aprovados pela CAPES no PDPG Alteridades

A CAPES, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, divulgou na última quarta-feira (22/03), os projetos aprovados no Edital PDPG Alteridades. O PPGCOM-UFRR participa de duas das propostas contempladas.

Fachada do Bloco I - CCLA, onde funciona do PPGCOM da UFRR. Foto: Amazoom.


Foram aprovados 13 projetos com foco no conceito de alteridade e sua aplicação e representação no Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG). As propostas selecionadas são oriundas de instituições de ensino superior públicas e privadas.


Duas delas tem a participação efetiva do PPGCOM (Programa de Pós-graduação em Comunicação) da UFRR. Os projetos: “Alteridade na pós-graduação em comunicação: questões de gênero e raça na trajetória de discentes e egressos(as) nos Brasis preteridos do Norte, Nordeste e Centro-Oeste” – uma proposta em rede, coordenada por docentes da Universidade Federal de Sergipe (UFS); e, “Políticas de permanência e temas de interesse de estudantes negras(os) e indígenas na Pós-graduação em cursos nas áreas de Humanidades, Sociais e Negócios nas regiões Sul, Centro-Oeste e Norte” – outra proposta de investigação em rede, coordenada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).


Conforme lembra o Coordenador do PPGCOM-UFRR, Prof. Dr. Luís Francisco Munaro, o Programa

iniciou suas atividades em 2019, com o curso de Mestrado, e nasceu com o objetivo de fortalecer intelectualmente grupos de estudiosos, preparando-os para uma carreira profissional na qual que sejam capazes de reunir e perceber, com maior cuidado, os elementos do processo de comunicação e as formas de manifestação das mais variadas mídias.

"Oportunidades de participar de projetos em rede e de editais como o PDPG Alteridades tratam de nos ajudar a aprofundar o conhecimento que a região amazônica, e em particular Roraima, tem a respeito de si mesma" - Luís Francisco Munaro (PPGCOM-UFRR).

Na UFRR, ambos os projetos terão como base de execução o Amazoom – Observatório Cultural da Amazônia e do Caribe, coordenado pelo Prof. Dr. Vilso Junior Santi, o articulador das propostas de investigação com as outras instituições nacionais.

"A articulação em rede foi fundamental para formatação e aprovação dos projetos. Disputar editais nacionais sem essa articulação, praticamente anula as chances de um projeto da região Norte ser aprovado. Por isso agradecemos a oportunidade e sensibilidade dos colegas das outras instituições em nos convocar para estas iniciativas" – Vilso Junior Santi (PPGCOM-UFRR).

Entre os demais projetos aprovados, estão estudos sobre ações afirmativas, política de permanência na pós-graduação, estudos de gênero a partir do recorte de áreas e diagnósticos das universidades a partir de perfis étnico-raciais.


Cada projeto terá duração de 40 meses e direito a duas bolsas de mestrado, uma de doutorado e três de pós-doutorado. O investimento total da CAPES será de R$ 5,5 milhões: R$4,9 milhões em bolsas e R$600 mil para custeio.

Projetos aprovados que tem a participação do PPGCOM-UFRR (destacados em amarelo).

Sobre o PPGCOM


Desde então, o Programa de Mestrado em Comunicação formou 25 mestres com áreas de estudos diversas que vão da música, produção em quadrinhos, informação pública, leitura e análise de jornais, investigação da memória e identidade da cidade por meio da mídia, comunicação indígena, estudos sobre migração, etc.


Com um quadro de 10 docentes, dois deles pertencentes à UFAM, conseguiu estabelecer uma rede de formação baseada na compreensão da Amazônia pela via de suas mídias, pavimentando o aperfeiçoamento de intelectuais cuja atuação é local e regional.


Sobre o PDPG - Alteridades


O Programa de Desenvolvimento da Pós-Graduação (PDPG) – Alteridade na Pós-Graduação trabalha o conceito de alteridade, o reconhecimento e o respeito às diferenças e a capacidade de se colocar no lugar do outro. Com ele, a CAPES quer contribuir para a redução de assimetrias e desigualdades no SNPG.


Fonte: CAPES.

80 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Opmerkingen


bottom of page