• karolsousales

Os cuidados contra a dengue aumentam durante o inverno em Roraima.

Preocupação é com o acúmulo de água nos quintais.


(Foto: Arquivo Globo Play)


O inverno chegou em Roraima e para muitas pessoas nessa época do ano os cuidados contra a dengue pode diminuir. Mas vale ressaltar que o mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zica e Chikungunya, circula mesmo durante os períodos mais frios.


As chuvas amenizaram, dias de sol estão mais frequentes, o risco aumenta para uma doença que já é comum, a dengue.


“Na somatória geral, os casos notificados de dengue dos municípios, o estado está aparentemente em uma situação tranquila, com baixa incidência. Mas com alguns municípios do interior com alta e média incidência.”, relata Joel Lima, Técnico do Núcleo de Dengue de Roraima.


De janeiro a junho de 2021, foram notificados 672 casos da doença em todo o estado. Roraima está abaixo de 100 casos por 100 mil habitantes, ano passado nesse mesmo período foram registrado 1.736 notificações.


“Nós estamos desde o início do ano reunindo com as equipes dos municípios orientando, e que apesar do COVID-19, não parou a doença transmissível pelo Aedes.”, diz Joel Lima.


Os municípios com alta incidência da doença são Rorainópolis com 164 casos e São João da baliza com 99 notificações. Boa Vista concentra 71% da população do estado e nesse semestre notificou apenas 186 casos.


Os agentes de endemias realizam visitas orientando a população sobre a doença. Quem apresentar febre, suor, dor de cabeça, macha na pele, deve procurar uma Unidade Básica de Saúde não Covid.


“Através desses casos notificados, nós repassamos para uma equipe que irá fazer o bloqueio vetorial que consiste na eliminação de criadouros pela parte mecânica e depois eliminação por borrifação” diz Greiner Silva, diretor da Unidade de Vigilância.


Acumular água por mais de 7 dias é um prato cheio para o mosquito Aedes aegypti, além da dengue, o mosquito também é vetor da Zica e Chikungunya.




Fonte: Bom Dia Sábado - Rede Amazônica.

26 visualizações0 comentário