top of page
  • Amazoom

Ibama e PF deflagram terceira fase da Operação Guardiões do Bioma em Roraima

Operação Guardiões do Bioma, com foco na Terra Indígena Yanomami, visa combater o garimpo ilegal e ilícitos ambientais nos territórios demarcados.

Diligências da Operação Guardiões do Bioma, com foco na Terra Indígena Yanomami. Fonte: Comunicação Social PF/RR.


A Polícia Federal e o Ibama, em ação coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), iniciaram na segunda-feira da semana passada (21/11) a terceira fase da Operação Guardiões do Bioma, com foco na Terra Indígena Yanomami. A operação visa combater o garimpo ilegal e ilícitos ambientais nos territórios indígenas demarcados.


As edições anteriores, iniciadas em julho e em setembro deste ano, resultaram na apreensão de aproximadamente 54 toneladas de minérios, 162 aeronaves apreendidas, destruídas ou interditadas e 122 mil litros de combustíveis apreendidos e/ou destruídos, 37 pessoas presas, 969 munições apreendidas e/ou destruídas, entre outros.

Até o momento, nesta terceira fase, foram apreendidos ou inutilizados mais de 2500 litros de combustível, 5 aeronaves, minérios, armas de fogo, munições, maquinários usados no cometimento de crimes ambientais, bem como a infraestrutura de suporte às atividades ilegais. Duas pessoas também foram presas em flagrante.

Diligências da Operação Guardiões do Bioma, com foco na Terra Indígena Yanomami. Fonte: Comunicação Social PF/RR.


As ações ostensivas da Operação Guardiões do Bioma objetivam combater a extração ilegal de minérios e outros crimes ambientais, além de proteger os indígenas da ação de invasores, de modo a preservar o meio ambiente e garantir a segurança das populações tradicionais no seu território de direito.


Fonte: Comunicação Social PF/RR.

44 visualizações0 comentário
bottom of page