top of page
  • Foto do escritorMelissa Lima

Viaje pelo Rio Amazonas em Cada Remada, Uma História

Os 4 autores indígenas se unem, pela primeira vez, para contar sobre as tradições de suas nações, no lançamento da Editora Melhoramentos, com ilustrações do premiado Mauricio Negro


Grandes autores indígenas se unem em obra literária coletiva. Foto: Divulgação/Editora Melhoramentos

Quatro jovens de diferentes nações indígenas se juntam em uma jornada pelo rio Amazonas. O objetivo da viagem é desvendar a lenda da fonte do arco-íris. A história foi contada por um viajante mais velho - sobre um lugar maravilhoso onde se poderia encontrar as sementes do arco-íris; onde havia muita magia e beleza e “morava a alegria iluminada pelas luzes que emanavam deste arco sagrado”.


Eles se revezam no remo durante o percurso feito à canoa, e descobrem, a Cada Remada, Uma História.


Os autores se transformam nos personagens ao contar sobre a vida, costumes, lendas e tradições de suas diferentes nações – Sateré-Mawé, Munduruku, Wapichana e Maraguá.


Trabalhando juntos pela primeira vez, eles constroem uma narrativa de conhecimento e autoconhecimento.

O momento de travessia do rio surge como uma oportunidade para os jovens partilharem dúvidas, expectativas e anseios; sobre as vantagens e desvantagens de viver nos territórios de origem ou nas cidades. E assim nasce uma relação de cumplicidade, admiração e respeito entre eles.


Toda a sabedoria dos grandes Tiago Hakiy, Daniel Munduruku, Cristino Wapichana e Roni Wasiry, que usam, com maestria, a literatura como ferramenta de transformação, está presente nesta obra coletiva.


As páginas também trazem o talento do ilustrador Mauricio Negro, especialista em retratar as belezas naturais e diversidade cultural do Brasil.


“Como ilustrador, embarquei nessa com amigos queridos. E o que torna este livro ainda mais singular é que os quatro escritores, amigos de fato, são também os personagens rejuvenescidos pela aventura que eles próprios criaram”, conta Mauricio.


Muito mais do que proporcionar a compreensão da causa dos povos originários, o livro é como uma semente que impulsiona as reflexões sobre a sociedade, a evolução tecnológica, e os bens que realmente importam na vida. Será que somos capazes de nos reconectar a fonte com a foz do arco-íris?


Ficha Técnica:

Título: Cada Remada, Uma História

Autores: Tiago Hakiy, Daniel Munduruku, Cristino Wapichana e Roni Wasiry

Ilustrações: Mauricio Negro

Páginas: 116

Formato: 15,5 x 23

Preço: R$ 57,90

ISBN:978-85-0607-479-4


Sobre os autores


Cristino Wapichana

Escritor, músico, compositor, cineasta e contador de histórias, é patrono da Cadeira 146 da Academia de Letras dos Professores (APL) da cidade de São Paulo. É autor de A Boca da Noite, traduzido para o dinamarquês e o sueco, livro vencedor da Estrela de Prata do Prêmio Peter Pan 2018, do International Board on Books for Young People (IBBY), do prêmio da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) 2017, nas categorias Criança e Melhor Ilustração, e do prêmio Jabuti 2017, na categoria livro infantil.


Daniel Munduruku

Escritor e professor graduado em Filosofia, tem licenciatura em História e Psicologia, doutorado em Educação pela USP e pós-doutorado em Literatura pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). É diretor presidente do Instituto UKA – Casa dos Saberes Ancestrais. Autor de mais de cinquenta livros para crianças, jovens e educadores, é comendador da Ordem do Mérito Cultural da Presidência da República desde 2008. Em 2013, recebeu a mesma honraria na categoria da Grã-Cruz, a mais importante honraria oficial a um cidadão brasileiro na área da cultura.


Roni Wasiry

Indígena amazonense de origem Maraguá, é graduado em Licenciatura e Pedagogia Intercultural Indígena pela UEA-AM. Escritor, atua como pedagogo em uma escola estadual. Em seus livros, aborda a temática educacional, social e cultural de seu povo e de povos vizinhos ao seu. É o primeiro indígena a criar uma biblioteca particular para compartilhar histórias com a comunidade onde mora. Também atua na Secretaria de Meio Ambiente como participante em projetos ambientais no município de Boa Vista do Ramos (AM).


Tiago Hakiy

Poeta, escritor, bibliotecário formado pela Universidade Federal do Amazonas e contador de histórias tradicionais indígenas, Tiago tem catorze obras publicadas. Nasceu no município de Barreirinha, no coração da floresta amazônica, à margem do maravilhoso rio Andirá, repleto de belas praias. Participa de eventos literários em vários lugares do Brasil para divulgar a cultura indígena e a literatura que nasce no coração da floresta. Vencedor do concurso Tamoios para textos de escritores indígenas em 2012, participa de projetos relacionados à cultura indígena junto ao Instituto UKA.



Sobre o ilustrador

Mauricio Negro é um artista multidisciplinar, autor-ilustrador, designer gráfico, pesquisador, curador independente e gestor cultural. Natureza e diversidade, povos originários, expressões e saberes tradicionais, ciências e linguagens contemporâneas são seus motes e motivações na arte de viver. Participante de exposições, catálogos e eventos nacionais e internacionais, recebeu diversos prêmios e menções em países como Alemanha, Argentina, Brasil, China, Coréia do Sul, Japão, México, Reino-Unido, entre outros. Tem obras publicadas na América, África, Ásia e Europa. Há anos atua com a temática socioambiental, especialmente em projetos de autoria indígena, em segmentos e suportes variados.



Sobre a Editora Melhoramentos

A Melhoramentos é um grupo que atua em diferentes segmentos há mais de 130 anos, e se posiciona como agente de transformação no mundo, realizando, empreendendo e sendo protagonista do futuro em seus negócios.


A editora Melhoramentos, fundada em 1915, assim como as demais empresas do grupo, tem um legado que atravessa gerações. Acredita em seu papel de estimular mudanças e desafiar. Busca, através da cultura e do entretenimento, levar conhecimento, inspirar as pessoas, e provocar transformações.

23 visualizações0 comentário

header.all-comments


bottom of page