• Amazoom

SEM COMPETIÇÃO: NOVAS MODALIDADES DE ARTES MARCIAIS ASIÁTICAS PRIORIZAM A HARMONIA

Por Ana Paula Pires


Karatê, Judô, Muay Thai, Taekwondo e entre outras modalidades de luta dentro do esporte, já são conhecidas pelos roraimenses que procuram atividades físicas e um caminho para se dedicar ao esporte. Mas a novidade entre os praticantes de luta boavistenses, é o Kung Fu e o Aikido.

Na editoria de cultura e arte, a reportagem sobre a Influência Nipônica nas terras de Makunaima trouxe como a imigração japonesa afetou o estado de Roraima. Nesta semana, o Amazoom traz opções de artes marciais asiáticas, para aqueles que buscam um esporte de crescimento pessoal e não para competições. Esses estilos de artes marciais inovam o esporte visando o aperfeiçoamento não só físico, mas também mental.

Foto: Ana Paula Pires

AIKIDO

O Aikido faz parte das artes marciais tradicionais japonesas. Ela se fundamenta no princípio da harmonia interna entre os adeptos, com o seu oponente e a energia espiritual do universo. No Japão, pós Segunda Guerra Mundial, todas as artes marciais se concentravam em derrotar ou aniquilar o inimigo. Então, o mestre Morihei Ueshiba criou um estilo de luta que não visasse a derrota, mas sim, no cessar de um conflito.


De acordo com o sensei (professor), Carlos Menezes, o Aikido seria o caminho da harmonia do espirito. “A gente utiliza movimentos circulares de afastamento do atacante, então não visamos vencer o adversário, o grande diferencial do Aikido que a gente pode dizer é que ele não é uma arte de competição. A única competição que existe é com você mesmo, de se livrar de um ataque sem machucar o próximo, e trazer o espirito de harmonia dentro de uma situação de perigo ou caos. O Aikido não estimula a vitória, ele estimula a auto superação e o autocontrole de sair de um ataque sem machucar o outro”, explica Carlos.


Menezes afirma que por ele ser uma arte marcial não competitiva, atrai pessoas especificas que querem praticar uma arte marcial sem estimular a violência. O Aikido não é para aqueles que procuram o esporte querendo medalhas ou vitórias em competições e campeonatos.


Fotos: Ana Paula Pires

O sensei Carlos Menezes é o primeiro professor dessa arte em Roraima e está atuando no estado desde 2005. Segundo ele, os alunos vêm e vão, mas o perfil é sempre o mesmo, são alunos que já conhecem o Aikido de outros estados. Marcos diz que a maioria dos alunos são da policia rodoviária, polícia federal e outros alunos que querem aprender a arte para se defender.

Essa luta ao mesmo tempo que trabalha o aeróbico, também trabalha a parte de funcional. Para as crianças melhora a capacidade social, os adultos aprendem a ser mais pacientes e ter foco. Toda a estrutura do corpo é trabalhada, ao mesmo tempo que ele trabalha o físico, a pessoa para melhorar a sua técnica tem que se adaptar a outra pessoa e com isso, aprimorar o conhecimento e o se dar com o outro.


As aulas ocorrem das 19h às 20h, nas terças-feiras e das 18h às 19h nas quintas-feiras, na Associação Nipobrasileira de Roraima -ANIR, R. da Mangueira, 477 - Caçari, Boa Vista – RR.


Vídeo: Ana Paula Pires

KUNG FU

O Kung Fu é uma arte milenar chinesa e visa o aprimoramento pessoal, o treinamento do corpo e do espirito. Segundo o professor Thiago Luiz, as crianças gostam de praticar Kung Fu por ser uma arte que se popularizou muito nos cinemas, mas o benefício que isso traz para o corpo e para a mente é muito grande.


Foto: Ana Paula Pires


“A gente preza muito a ética, disciplina e honestidade. O Kung Fu é uma arte muito filosófica, a gente ensina muito a questão da conduta do dia-a-dia. Mais importante que saber chutar ou socar, é saber como tratar bem as pessoas, ter respeito, ter honestidade. Os maiores valores que ensinamos aqui, são valores de caráter”, comenta o professor de Kung Fu, Thiago Luiz.

Kung Fu, significa a habilidade adquirida com o tempo, então toda e qualquer habilidade que você adquira depois de muito tempo de treinamento, é considerado Kung Fu.

O professor conta que existem três tipos de luta, a arte tradicional marcial, a defesa pessoal e existe o esporte marcial. Se a arte que você treina é voltada para o esporte, como o karatê ou Taekwondo, o aluno será treinado para competir dentro de um conjunto de regras e se preparar para competições. Já uma arte tradicional marcial, te prepara para a vida, para você levar esse conhecimento para o seu dia-a-dia.


“Eu ensino como professor desde dezembro de 2018, mas eu treino aqui faz seis anos. Através da arte marcial tive uma melhora significativa na minha vida, quando eu entrei aqui, estava acima do meu peso e com problemas nas articulações e de coluna, o Kung Fu me ajudou a melhorar minha saúde. Kung Fu melhora seu sistema imunológico, seu desempenho e a parte cardíaca. Todo aluno que entrou aqui tem uma historia de superação, geralmente entrou com um problema físico ou estava acima do peso e viram uma melhora, este é o principal motivo da procura, por ter uma fama de ser um exercício que exige muito”, explica professor.


As aulas de Kung Fu ocorrem na Academia de Kung Fu Tradicional de Roraima de segunda a domingo, localizada na Av. Gen. Ataíde Teive, 1885 - Liberdade, com o Shifu Geremias e o professor Thiago Luiz.

71 visualizações
AMAZOOM
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

O Amazoom é uma rede de comunicação, pesquisa e promoção da cultura localizado no estado de Roraima

www.redeamazoom.org orgulhosamente criado por Bryan Chrsytian Araújo. 2017