top of page
  • Foto do escritorYasmim Trindade

Ocupa Insikiran - Mobilização contra o Marco Temporal

Começa amanhã, terça-feira, 06/06 a mobilização contra o Marco Temporal organizada pelo Instituto Insikiran. O evento ocorre nos dias 06 e 07 de junho, na Maloquinha do Insikiran na Universidade Federal de Roraima.


Foto: Letícia Santos


A mobilização “Ocupa Insikiran” é um evento em protesto ao PL 2903, antigo PL 490, que tem como objetivo instaurar o Marco temporal. A programação da mobilização contra PL 2903 conta com falas de lideranças indígenas, danças tradicionais e pinturas.


Lideranças políticas e estudantis dos povos indígenas de Roraima estão organizando a mobilização contra o PL e convidando professores, estudantes, servidores e o público em geral para entrar na luta pelos direitos dos povos originários.


Vídeo: Levante Popular


O ativista, Wellington Lourenço Tenente da etnia Taurepang, é uma das lideranças estudantis que está a frente da mobilização “Ocupa Insikiran”. Ele conta que o Marco Temporal não atinge só os povos indígenas, mas também a natureza e a biodiversidade do país.


“O Marco Temporal é uma grande arma das bancadas anti-indígenas. Eles vão usar isso para entrar nas nossas terras, para invadir e fazer o que eles quiserem de acordo com os seus interesses econômicos. Por isso é muito importante que nós, povos indígenas, nos juntemos e lutemos contra o Marco Temporal”, afirmou o ativista.

O Marco Temporal é uma tese jurídica que defende que os povos indígenas só têm direito à demarcação de suas terras tradicionais se estivessem ocupando essas terras em 5 de outubro de 1988, data da publicação da Constituição Federal do Brasil. Wellington Taurepang afirma que é necessário o engajamento de todos os povos indígenas e além disso da comunidade no geral.


“Enquanto nossos direitos estiverem sendo violados, a gente vai para as ruas, a gente vai se mobilizar, a gente vai buscar estratégias e vamos conseguir nossos direitos. Unidos nosso grito é mais forte”, disse Wellington.


Vídeo: Paulo Thadeu



Confira a programação do “Ocupa Insikiran”:


Dia 06/06

8h - Abertura; Danças tradicionais; pinturas; Falas de lideranças

9h - Roda de conversa: Não ao Marco Temporal; Cartilha de Articulação dos Povos Indígenas do Brasil; APIB sobre o julgamento do Marco Temporal;

12h - Almoço coletivo;

14h - Plenária + produção da carta política Insikiran contra a PL 409 (PL 2903);

16h30 - Produção de cartazes;

17h - Caminhada na UFRR (até o INAN) contra a PL 490;

18h - Roda de conversa sobre o Marco Temporal Local: INAN


Dia 07/06

6h30 - Alvorada Insikiran contra o Marco Temporal (Café da manhã);

7h - Mobilização para a praça do Centro Cívico.



Fotos: Yasmim Trindade



“O Marco Temporal é violência, é desrespeito, é o retrocesso do direito dos povos indígenas” - Wellington Taurepang


54 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page