• Bryan Chrystian

Coordenador do CIR participa de aula sobre Movimento Indígena no Mestrado em Comunicação da UFRR

Interessados têm até esta quarta-feira (06) para realizar inscrições


Fonte: Divulgação

O Coordenador Geral do Conselho Indígena de Roraima (CIR), Edinho Batista Macuxi, participa, nesta quinta-feira (07), a partir das 8h30 (horário do Amazonas), da aula pública sobre o CIR e o Movimento dos Povos Indígenas na Amazônia Brasileira.


A aula é parte das atividades da disciplina de Mídia, Política e Movimentos Sociais do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Roraima (PPGCOM/UFRR).


Para participar da aula, interessados devem realizar inscrição até a noite desta quarta-feira (06), no link do Google Forms.


De acordo com o professor responsável pela disciplina e coordenador do Rede Amazoom, Prof. Dr. Vilso Santi, Para falar de movimentos sociais no contexto da Amazônia brasileira é imprescindível que falemos do Movimento dos Povos Indígenas e também das suas organizações.

"A presença do Edinho Batista como coordenador geral do CIR é essencial, principalmente devido à experiência dele como uma das lideranças dos povos indígenas em Roraima e da própria história do CIR no estado", explicou.

Além disso, conforme o professor, a presença de Edinho Batista marca a conclusão do módulo da disciplina dedicado às discussões sobre o Movimento dos Povos Indígenas na Amazônia. Nesse sentido, a aula é uma oportunidade para que os interessados possam aprender mais sobre os movimento sociais da Amazônia.


Convidados anteriores


Na última quinta-feira (30), o vice-presidente da Hutukara Associação Yanomami, Dário Kopenawa, foi o palestrante convidado.


A aula, no entanto, foi invadida por um grupo bolsonarista que publicou vídeos e mensagens ofensivas contra os participantes.


Por isso, os interessados no encontro desta quinta-feira precisam realizar inscrição com antecedência. O link da aula será enviado por e-mail e telefone de contato. Apenas os inscritos terão acesso à sala de aula.


Além de Dário Kopenawa, já participaram da disciplina convidados como o italiano Carlo Zacquini, de 84 anos, missionário da Igreja Católica que influenciou na demarcação da Terra Indígena Yanomami.


Além dele, também participou da disciplina a professora da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unissinos) e jornalista da Agência Fiquem Sabendo, Tais Seibt.

14 visualizações0 comentário