O vidro não se decompõe, mas você sim! Deixe já sua contribuição ao meio ambiente

Por: Giovanna Souza Lima / Editado por: Liana Lima Já pensou sobre as suas atitudes com o meio ambiente? Pois é, foi o que Mernes Luís Arenhart refletiu há dois anos e decidiu mudar suas atitudes: reciclar e reutilizar papeis e vidros o máximo que conseguisse. Ele que é conhecido como ‘Kiko’, é formado em design gráfico e tem pós-graduação em educação ambiental, começou a dar uma nova vida útil às garrafas de vidro e transformando-as em copos, vasos, e até luminárias. Ele disse que tudo além de ter muito a ver com sua pós-graduação, teve relação com o fato de perceber quão caro custa para as empresas recolher o vidro descartado em Roraima e reutilizá-los. “Então como não tem como as empresas terem esta atitude, todo o vidro é descartado no lixão e vai se acumulando lá, e como o vidro não se decompõe, diminui a vida útil dos aterros por gerar muito volume”, contou. Além disso, ele afirma que todos podem colaborar com o meio ambiente ‘fazendo um pouquinho’, todos já ajudam de alguma maneira. Kiko também faz trabalhos de reciclagem de papeis, coletando os descartados e fazendo novos produtos. Ele atualmente é coordenador de um projeto de incentivo à sustentabilidade, e de acordo com o profissional o intuito é motivar, incentivar e ensinar, para que todas estas belas atitudes sejam compartilhadas. “Não cobramos nada pelas palestras, às vezes, vamos em escolas, faculdades, para ensinar como fazer esses novos objetos, como as luminárias, e os vasos, por exemplo”. Kiko contou que muitas das vezes pergunta para os ouvintes quem se considera uma pessoa sustentável e muitas acabam respondendo que não, por não reconhecer a sustentabilidade em atitudes como reaproveitar potes de sorvete e garrafas. “Quando eu dou esses exemplos, as pessoas levantam as mãos e acabam reconhecendo que já estão no caminho para um mundo mais consciente”. Em casa ele tem uma máquina própria para o corte de vidro, ele conta que apesar e fácil, é um trabalho delicado, e mesmo assim, ele não cobra para fazer os copos, vasos e enfeites e que já tinha feito alguns para amigos, inclusive reaproveitando garrafas de cerveja. Levando à população: O projeto onde Kiko desenvolve suas atividades é promovido pelo Senac Roraima. “Senac sustentável” foi inaugurado em 2014 e prevê a conscientização não só dos colaboradores do Sistema S, mas também do público em geral. E você? Depois de ler esse texto ficou pensativo nas suas atitudes? Então vem fazer esse teste e descubra se você tem sido uma boa pessoa para o meio ambiente, ou não!

AMAZOOM
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

O Amazoom é uma rede de comunicação, pesquisa e promoção da cultura localizado no estado de Roraima

www.redeamazoom.org orgulhosamente criado por Bryan Chrsytian Araújo. 2017