MST cria programa de financiamento da produção de alimentos nos assentamentos da Reforma Agrária

O movimento marca uma inovação na captação de recursos para as atividades do grupo O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra construiu um movimento de financiamento da produção de alimentos nos assentamentos voltado para unir as pessoas que tem alguma poupança e consciência para que seus recursos contribuam para a produção de alimentos saudáveis, com a defesa da natureza, diretamente aos agricultores. O lançamento ocorreu no dia 26 de julho por meio de uma live e o MST tem apenas 17 dias para captar todos os recursos. O FINAPOP é direcionado para os assentados organizados em
associações e cooperativas, sob a coordenação de Eduardo Moreira, com
larga experiência na área de investimentos. O procedimento tem uma legislação complexa e é normatizado, controlado e fiscalizado pela Comissão de Valores Mobiliário, responsável pela Bolsa de Valores, para dar garantias ao investidor e ao recebedor. O FINAPOP está em operação desde o ano passado com algumas
cooperativas e priorizamos, cotas maiores, como forma de testar um caminho mais adequado. Em 2021 um novo grupo de cooperativas apresentou projetos de investimento em agroindústria para aumentar a produção de alimentos saudáveis, que
irão beneficiar sete cooperativas que produzem açúcar mascavo, suco de uva, arroz, milho, soja e leite e seus derivados. A proposta do MST precisa de recursos da ordem é de 14,5 milhões de reais através de uma oferta pública e os investimentos são garantidos através de títulos emitidos pelas
cooperativas que tem cobertura no seu patrimônio. Pela proposta cada investidor decidirá quanto gostaria de colocar nesse fundo, que estará dividido em cotas de apenas 100 reais, e cada poupador pode escolher
quantas cotas quiser aplicar, até atingirmos o total dos 14 milhões. O prazo do investimento é de cinco anos e o retorno aos investidores que
aplicaram começam ser devolvidos em cotas a partir do segundo ano. A remuneração paga é de 5,5% ao ano e estes rendimentos tem isenção do imposto de renda. O nome dos poupadores será mantido em sigilo, de acordo com as normas da CVM.

MST cria programa de financiamento da produção de alimentos nos assentamentos da Reforma Agrária