Brasileiros em meio a crise venezuelana

De um lado, o desesperado êxodo venezuelano. De outro, a falta de preparo do Brasil para lidar com os novos refugiados. Enquanto tuítes dizem que devemos acolher os refugiados, que já sofrem tanto com o governo totalitário venezuelano. Alguns se colocam contra a entrada irrestrita de venezuelanos no país. O tuíte que mais se popularizou no grupo foi uma postagem de @jrguzzofatos. Outros tuítes que também falam da questão da nomenclatura dos imigrantes criticam duramente a imprensa brasileira, que, aos olhos dos autores, hesitaria em usar o termo “refugiado” por não querer chamar o governo de Maduro de uma ditadura. Outros veículos relevantes da imprensa repercutiram os mesmos tópicos, assim como episódios de xenofobia e violência contra os imigrantes em Roraima. Em Pacaraima vivem mais de 12.000 pessoas. Há meses, centenas de venezuelanos chegam diariamente, sem que a cidade tenha infraestrutura suficiente para atendê-los, e com o aumento da criminalidade em delitos cometidos em grande maioria por venezuelanos. O que levou indignação de Brasileiros, e o rechaço aos refugiados a crescer até o ponto de ataques aos acampamentos e abrigos onde vivem.

AMAZOOM
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

O Amazoom é uma rede de comunicação, pesquisa e promoção da cultura localizado no estado de Roraima

www.redeamazoom.org orgulhosamente criado por Bryan Chrsytian Araújo. 2017