• Rede Amazoom

Escola de Verão Rebol para mestrandos e doutorandos está com inscrições abertas

Evento é promovido com apoio do Amazoom e do Mestrado em Comunicação da UFRR

Estão abertas até o dia 6 de fevereiro as inscrições para a 1ª Escola de Verão da Rede Internacional de Pesquisadores sobre Bolonha (Rebol), com o tema "A ciência e a pesquisa no Século XXI: olhares das/sobre as Ciências Sociais e Humanas".


O evento ocorrerá entre os dias 14 e 18 de fevereiro. Interessados em participar podem se inscrever de forma gratuita através de um formulário disponível no site da Universidade Federal do Tocantins (UFT).


Mestrandos e doutorandos matriculados que já estejam com os projetos de pesquisas de dissertação e teses definidos, especialmente na área das Ciências Sociais e Humanas, são o público-alvo da escola.


O Núcleo de Pesquisa e Extensão Observatório de Pesquisas Aplicadas ao Jornalismo e ao Ensino (Opaje) em associação com a Rebol são os responsáveis por promover o evento.


Além disso, a Escola de Verão conta ainda com apoio do grupo de pesquisa Amazoom - Observatório Cultural da Amazônia e Caribe e o Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Roraima (PPGCOM/UFRR).


A programação do evento conta com a participação do coordenador do Amazoom e docente do PPGCOM da UFRR, Vilso Jr Santi. A participação de Santi está prevista para ocorrer no dia 17 de fevereiro, a partir das 15h (horário de Brasília). Durante o evento, o coordenador vai abordar os "Cinco princípios teórico-metodológicos para entrever as práticas de pesquisa".


Mais informações sobre a programação completa podem ser conferidas no site da UFT.


Conforme informações do professor Gilson Porto Júnior, do Opaje, a Escola de Verão será promovida de forma remota, visando minimizar a situação da pandemia ainda existente.


"A Escola de ocorrerá de forma colaborativa, onde mestrandos e doutorandos de diversas formações e áreas debaterão teorias e práticas investigativas, tendo como pano de fundo seus próprios projetos de dissertação e tese, com recortes metodológicos e enfoques diversificados", explicou.


Ainda de acordo com o docente, a Escola de Verão objetiva facilitar e promover pesquisas, produzindo, articulando e socializando conhecimentos de pesquisadores de diferentes países.


"Nessa dinâmica, a Escola tem como finalidade debater e enriquecer processos de construção de dissertações e teses de diversas áreas do saber, que são perpassadas pelo conhecimento científico", enfatizou.


42 visualizações0 comentário