• criativoj

ELEIÇÕES 2022: A Trajetória de Pré-campanha de Rudson Leite

Atualizado: 27 de jul.

Essa é a primeira vez que o administrador lança pré-candidatura ao governo de Roraima


Por: Alexandre Paz, André Oliveira, Kallryn Siqueira

Reprodução: Redes Sociais Rudson Leite

Rudson Leite (PV) além de ser o presidente do Partido Verde (PV) em Roraima, este ano decidiu colocar o seu nome à disposição da vaga ao governo do Estado. Sua pré-candidatura foi oficialmente lançada em junho, no dia 16, pelas redes sociais facebook e Instagram.


Mas desde março seu nome já corria os corredores da política, quando se reuniu em Brasília com o presidente nacional do PV, José Luiz Penna, para tratar dos ajustes finais da FE Brasil (Federação Brasil da Esperança). Federação esta composta juntamente com Partido dos Trabalhadores (PT) e o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), e foi a primeira Federação aprovada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em 24 de maio deste ano.


A união das siglas PT, PCdoB e PV foi um dos motivos que, segundo Rudson, o encorajou a concorrer ao pleito deste ano, já que a Federação lhe permite algumas vantagens, como o tempo de TV mais estendido e participação ao fundo partidário.


Ouça o que Rudson Leite diz sobre o que o motivou a concorrer ao governo de Roraima:


No fim de março (27) o pré-candidato concedeu entrevista à Rádio Folha 100.3 FM, onde narrou um pouco de sua história, incluindo o nascimento, seus estudos, locais de trabalhos, cargos em secretarias do estado até sua chegada ao Senado em 2018. Ele ocupou o cargo por quatro meses, período em que Telmário Mota (PROS) se afastou para concorrer ao governo do Estado nas eleições daquele ano. Rudson Leite é segundo suplente do senador Telmário.


Em maio (13), embora ainda de maneira não oficial, o pré-candidato já ventila nas redes sociais sua pretensão à cadeira do Palácio Senador Hélio Campos, com o lançamento de um vídeo num tom emotivo e nostálgico, convidando a população a acompanhar sua história. Buscava assim, aproximar-se do eleitorado.


Ainda durante o mês de maio Leite, publicou imagens de algumas reuniões populares realizadas com alguns pré-candidatos, entre elas uma no bairro Alvorada que contou com a presença do pré-candidato a deputado estadual Coringa Top 10 (PV) e do senador Telmário Mota (PROS). Registrou também a visita de administradores e pré-candidatos ao seu escritório.


Por fim, em junho, Rudson lançou sua pré-candidatura ao governo oficialmente, colocando-se como uma nova alternativa para promover a mudança que o Estado necessita. Com o objetivo de trabalhar para a coletividade, com um discurso contra a corrupção e não privilegiando grupos de esquerda ou direita. Pois, segundo suas palavras: " Não entrei na vida pública para mudar ideologia de ninguém, mas para mudar a realidade do nosso Estado”.

“Não entrei na vida pública para mudar ideologia de ninguém, mas para mudar a realidade do nosso Estado”.

Poucos dias após o lançamento de sua pré-candidatura, Rudson levantou uma pauta que é de relevância para toda a população local e deve receber atenção de quem for o próximo governador: a atividade garimpeira dentro das áreas indígenas.


Usando de um vocábulo alternativo: mineração, Rudson defendeu a ideia de regulamentar a atividade para que fauna e flora não continuem sendo afetadas, que é a bandeira defendida pelo seu partido ambientalista. “O garimpo tem que ser regulamentado. Na regulamentação vão estar as regras. O que não pode é um garimpo ilegal que está poluindo os rios, matando e contaminando os nossos peixes e causando coisas que não deveriam vir junto com a mineração”, falou o pré-candidato.


Já no final do mês de junho, apesar dos conteúdos discutidos não terem sido divulgados, Rudson Leite reuniu-se com os presidentes estaduais dos outros partidos da Federação, Evangelista Siqueira (PT) e Jonildo Viana (PCdoB).


Já, ao longo dos meses de junho e julho, compartilhou em suas redes sociais, momentos com populares e apoiadores de sua pré-candidatura durante encontros mais intimistas.


A data limite para a realização de convenções partidárias que devem definir os nomes que concorrerão ao pleito deste ano é 5 de agosto. Na próxima sexta-feira (29), na Estação de Eventos, que fica localizada no bairro Jardim Floresta, acontecerá a Convenção Eleitoral Conjunta da Federação Brasil da Esperança. O evento ‘baterá o martelo’ sobre todos os cargos a serem disputados por Roraima.


Neste dia, Rudson Leite, pode ter o seu nome oficializado na disputa ao governo do estado. Os candidatos escolhidos têm até o dia 15 de agosto para registrarem a suas candidaturas.


Aguardamos os próximos capítulos.



Ouça parte de entrevista, onde o pré-candidato falou sobre o projeto que apresentou ainda no governo do Flamarion Portela (PDT), que até hoje sobrevive e, segundo ele, virou bandeira eleitoral e passou de um governo a outro, apenas com mudança de nome: o vale alimentação.

Eleições 2022


As eleições de 2022 estão marcadas para o dia 2 de outubro. Caso ocorra segundo turno para presidente e para o cargo de governador nos estados, novas votações serão realizadas no dia 30 do mesmo mês, segundo calendário aprovado pelo TSE.


* Conteúdo experimental desenvolvido na disciplina de JOR53 - Jornalismo Especializado I.

28 visualizações0 comentário