Estudantes de Comunicação da UFRR participam de II Encontro Estudantil da REDE AMLAT em Posadas na Argentina

October 16, 2018

Nesta quarta-feira, 17, três estudantes do curso de Comunicação Social - Jornalismo e dois docentes de cursos da Universidade Federal de Roraima (UFRR) iniciam seu percurso para participar do XII Seminário Internacional de Metodologias Transformadoras, XII Encontro Metodológico e II Encontro Estudantil da Rede Amlat, realizado em Posadas na Argentina entre os dias 22 e 26 de outubro.

 

O evento conta com a presença de diversos pesquisadores da América Latina e este ano debate o tema: “Comunicação, Cidadania e Territórios: Investigar em Tempos de Reconfiguração Latinoamericana”. Nesta edição, Roraima será representada pelos integrantes do grupo de pesquisa “Amazoom: Observatório Cultural da Amazônia e Caribe”.

 

Conforme o docente do Curso de Comunicação Social - Jornalismo, Vilso Junior Santi, o Amazoom começou a participar dos encontros da Rede Amlat em 2014, ano em que assumiu a coordenação do grupo de pesquisa, após o afastamento para doutoramento do professor e coordenador anterior, Anderson Paiva. “Eu entrei em contato com o pessoal da Rede, fiz a formalização e passamos a integrar formalmente o grupo e participar dos eventos”, contou Vilso.

 

Ariene Lima, indígena da etnia Wapichana e discente de Comunicação, é uma das integrantes do grupo e participa pela primeira vez do encontro organizado pela Rede AmLat. Ariene apresentará um resumo no II Encontro Estudantil falando sobre a Marcha dos Povos Indígenas de Roraima: Resistência e representatividade na cobertura étnica nas mídias.

 

Para Ariene, a presença dos povos indígenas em um encontro internacional é essencial para que cada vez mais lugares de fala e protagonismo no meio acadêmico sejam ocupados por indivíduos indígenas. “Já tenho trabalhado com a representação dos povos indígenas nas mídias digitais em eventos no Brasil e levar isso para o encontro da Rede expande as abordagens para outras universidades para que ele possa ser mais presente nesses congressos”, explicou.

 

Segundo Santi, o evento costuma ter pelo menos três momentos: um mais de discussão interna dos grupos e sobre o funcionamento da Rede; outro mais acadêmico reservado para os debates e mesas centrais com contribuições docentes; e o encontro estudantil que em sua segunda edição têm conquistado cada mais espaço nos encontros da Rede.

 

“Para o evento de Posadas estamos levando a maior delegação de integrantes do Amazoom, com três participações estudantis e dois docentes. Nosso desafio é fazer uma integração desses debates. Esse é um evento muito trabalhoso, com uma programação bem intensa e precisamos aproveitar os dias que vamos passar na Argentina”, concluiu Vilso Santi.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

www.redeamazoom.org orgulhosamente criado por Bryan Chrystian. 2017