• sandeivyde

TELMÁRIO 14: "Roraima precisa de um Governador humano"

Atualizado: 13 de Abr de 2019

Por Ana Lúcia Montel, Fabrício Araújo, Rafaela André e Sandeivyde Alves.


Foto: Redes Sociais

O candidato participou no dia 01 de outubro da II Sabatina com Candidatos ao Governo do Estado, promovida pela UFRR e IFRR. Telmário Mota foi o segundo a responder as perguntas com os temas de saúde, educação, gestão pública, desenvolvimento regional e segurança publica; as perguntas eram sorteadas e intermediadas por cinco professores especialistas nos temas.


Saúde


Perguntado sobre a Demanda de crise migratória, dificuldades de acesso às cirurgias e a área de saúde insuficiente do estado o candidato respondeu que dois pontos têm que ser combatidos, a corrupção e a má gestão, disse também que com apenas 30% da verba atual da saúde bem usada resolveriam os problemas atuais. Telmário também colocou a responsabilidade nas prefeituras e na atenção básica, pela sobrecarga dos hospitais do estado: "Hoje os postos de saúde não atendem praticamente nada".

Como solução ele afirma que o estado tem que fazer um consórcio com as prefeituras, e melhorar a saúde preventiva, e também usar as verbas que chegam de Brasília, e que: “eu mandei 47 milhões para a saúde, que sumiram no ralo da corrupção”.


Educação


Quando questionado sobre a educação o candidato afirmou que: “militarilazação é uma alternativa, mas não a única”. Também falou que Roraima precisa de um concurso na área indígena e criar uma secretaria de educação indígena para as 364 escolas, regionalizar a merenda escolar, unificar a UERR e a UNIVIR, para facilitar a educação no interior. Telmário também fez críticas ao governo atual que segundo ele gasta muito com empresas de outros estados.


Gestão pública


A pergunta de gestão publica foi: como eliminar o patrimonialismo e respeito e valorizar aos servidores? Telmário Mota respondeu que Roraima precisa de um ajuste fiscal, pactuar com os poderes, baixar os altos salários da administração direta e convocar servidores efetivos e concursos.



Foto: UFRR


Desenvolvimento regional


A pergunta sobre desenvolvimento regional era como desenvolver o estado a partir das relações de fronteira, Telmário foi logo acusando os governos anteriores e afirmou que no governo de Anchieta, Roraima tinha 40 mil produtores e foram liberadas apenas 36 licenças; também falou que é possível o escoamento por outros países, mas que primeiro precisamos pavimentar nossas estradas, incentivar o setor primário e as comunidades indígenas e disse que: "sou o único candidato com propostas para comunidades indígenas".


Segurança pública


A pergunta foi se a militarização escolar é uma questão sobre educação ou segurança, O candidato falou de segurança, mas não respondeu a pergunta, o público presente se manifestou e o mediador também, para que Telmário respondesse a pergunta ele então afirmou: "O sistema militar não vai melhorar a qualidade de ensino ".


Considerações finais:


O candidato falou que: "Roraima precisa de um governador humano", e "Agradeço a manifestação contrária, pois me fortalece”, que está preparado para governar Roraima, cassando a corrupção e mandando prender quem rouba o estado.

23 visualizações
AMAZOOM
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

O Amazoom é uma rede de comunicação, pesquisa e promoção da cultura localizado no estado de Roraima

www.redeamazoom.org orgulhosamente criado por Bryan Chrsytian Araújo. 2017