• jacildo97

Rede Nacional de Observatórios da Imprensa (RENOI) divulga seu Censo de Observatórios 2021


O Site Amazoom, mantido pelo curso de comunicação social/jornalismo da Universidade Federal de Roraima consta do relatório 2021 da Rede Nacional de Observatórios de Imprensa. A publicação é um esforço inicial para mapear observatórios nas cinco regiões do Brasil, identificando iniciativas que atuam prioritariamente com crítica de mídia e monitoramento de coberturas jornalísticas.

O primeiro censo de observatórios publicado pela Rede Nacional de Observatórios da Imprensa (RENOI), tenta cobrir o primeiro sentido da palavra, realizando uma lista das ações realizadas no Brasil que envolvem de modo sistemático análise da mídia em universidades, bem como atribuir valor imediato a essas atividades, reconhecendo sua importância como fomentadoras da formação crítica.

O objetivo é mapear e integrar os observatórios do país, entendendo que a formação de redes é essencial nesse início de século, sobretudo em momentos de grandes desafios para os profissionais de comunicação, como ameaças de censura e violência. Assim, o censo responde a duas perguntas: quais são e quais os membros dos observatórios no Brasil?

O documento se divide em duas partes: números e observatórios de mídia por regiões, de Norte a Sul. Que esse seja o começo de uma percepção mais completa de quem são os que empreendem a crítica dos media, a construção de uma comunicação cidadã e a literacia mediática com projetos que formam os futuros profissionais da área com espírito crítico atento e forte.

O Rede Amazoom foi lançado em dezembro de 2017 e tem como missão desenvolver e coletivizar material jornalístico acerca dos espaços sociais e culturais pertencentes às regiões da Amazônia.

Perseguindo uma perspectiva plural (com pluralidade de enfoques), atua em pesquisas multidisciplinares e multi-institucionais relacionadas à valorização, reconhecimento e promoção das diversas expressões regionais (culturais e comunicacionais) em suas múltiplas dimensões – técnicas, práticas, políticas, teórico-metodológicas e epistemológicas.

O principal objetivo do Grupo é constituir uma rede de cooperação para o levantamento, sistematização, discussão e visibilização de conhecimentos outros sobre os Saberes amazônico-caribenhos; a Etnocomunicação; os Movimentos sociais; a Mídia, o território e os processos comunicacionais; e a relação entre Comunicação,

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo