• Rede Amazoom

Projeto ArboControl realiza oficina com representantes comunitários no Tocantins

O objetivo foi traçar estratégias para o enfrentamento ao mosquito e vetor Aedes aegypti


Fonte: Divulgação

No dia 13 de setembro, o projeto ArboControl Norte realizou a primeira oficina no estado do Tocantins com a participação de líderes comunitários e representantes de organizações ligadas à saúde pública. O tema do evento virtual foi a “gestão da informação, educação e comunicação no controle das arboviroses dengue, zika e chikungunya”.


A oficina teve como finalidade promover o diálogo entre esses atores sociais no intuito de reunir informações sobre a realidade vivida pela população da capital Palmas quanto ao problema das doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti. A partir disso, o objetivo é produzir conteúdos que facilitem a educação e a comunicação sobre o tema junto aos moradores do município.

O evento foi conduzido por pesquisadores da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e contou com a presença virtual de representantes da Federação das Associações de Moradores de Bairros do Tocantins (FACOMTO), Associação Brasileira de Enfermagem (ABEN/TO), Articulação Nacional de Movimentos e Práticas de Educação Popular e Saúde (ANEPS/TO) e da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE/TO).

O projeto ArboControl foi idealizado por professores da Universidade de Brasília (UBN) em 2016 com o propósito de mobilizar uma rede de pesquisadores nacionais para criar soluções ao controle do vetor Aedes aegypti.


No Tocantins, o projeto passou a ser executado desde julho de 2021 por meio de uma parceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT), sob a coordenação da professora/doutora Cynthia Mara Miranda e com o apoio dos alunos do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Sociedade (PPGComs), Keila Fernandes e Cristiano Viana.

O grupo de pesquisadores do Tocantins está inserido no eixo 3 da pesquisa: Educação, Informação e Comunicação. De acordo com a professora Cynthia Mara Miranda, a estratégia desta etapa do trabalho é agregar um conjunto de ações com a utilização de técnicas e recursos dessas áreas para facilitar que as comunidades locais tenham acesso à informação de qualidade e assim estimular a adoção de comportamentos capazes de promover saúde e prevenir doenças.

A representante da FACOMTO, Maria do Carmo Ribeiro, disse que a entidade que faz parte vive de mobilização social e é isso que a motiva. No entanto, muitas ações presenciais dos moradores da região Norte de Palmas, onde reside, estão suspensas em função da pandemia.


Ela lembrou que as escolas são como laboratórios e que “o caminho mais viável para esse tipo de mobilização é justamente aluno-escola-família, mas nada impede levarmos as informações para as reuniões da associação de moradores, inclusive para as igrejas”.

Os participantes da primeira oficina do projeto ArboControl no Tocantins apresentaram ainda sugestões sobre o que acreditam ser as melhores formas para se levar informações aos moradores locais. Conteúdos mais diretos e curtos, adaptados às mídias sociais, foram as ideias mais recorrentes. Além disso, as rádios com enfoque comunitário também seriam boas estratégias para se alcançar o público das comunidades que fazem parte da FACOMTO.

História do ArboControl

O projeto ArboControl foi iniciado há aproximadamente cinco anos a partir de uma demanda do Ministério da Saúde para analisar a composição química e atividade inseticida de produtos recebidos pelo órgão naquele período.


Esse trabalho foi realizado pelos pesquisadores da Faculdade de Ciências em Saúde da UNB e os dados científicos coletados forneceram informações que ajudaram na tomada de decisão para não se adotar esses produtos no programa nacional de controle vetorial.

O projeto é composto por quatro eixos: pesquisa para o controle do vetor (eixo 1); novas tecnologias em saúde (eixo 2); educação, informação e comunicação para o controle do vetor (eixo 3); formação e capacitação profissional (eixo 4).

Acesso o site para obter outras informações https://arbocontrol.unb.br/


Fonte: Arbocontrol Tocantins

46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo