• Amazoom

Melhor arma contra o câncer de mama é a prevenção, diz médica oncologista

Atualizado: 21 de Out de 2019

Atualmente, 278 pacientes fazem tratamento contra o câncer na rede pública estadual de saúde. Deste total, 95% são acometidos do câncer de mama



Foto: Isaque Santiago | 94% dos pacientes em tratamento contra o câncer em Roraima são atendidos no Cecor


Por Isaque Santiago


O câncer de mama é o segundo que mais acomete mulheres no Brasil, ficando atrás apenas do câncer de pele e em Roraima não é diferente. Segundo dados do Centro Oncológico de Roraima (Cecor), atualmente 278 pacientes fazem tratamento contra algum tipo de câncer na rede pública estadual de saúde. Deste total, 95% são pacientes acometidos com o câncer de mama e os 5% restantes lutam contra o câncer de colo do útero.


Dos 278 pacientes com câncer, 69% fazem tratamento com hormonioterapia, feito a partir de medicamentos com a função de inibir a atividade dos hormônios que tenham alguma influência no crescimento de um tumor. Os 31% restante fazem quimioterapia, tratamento que utiliza substâncias químicas que afetam o funcionamento celular.




A melhor arma contra a doença ainda é a prevenção. A médica mastologista Maria Cátia Rodrigues afirmou que a doença apresenta uma alta taxa de mortalidade, por isso o movimento em prol da prevenção é tão grande. “Essa é a nossa grande arma contra essa doença. As chances de cura são muito altas quando a detecção é precoce, quanto antes a doença for descoberta, maior chance a paciente tem de cura”, explicou.


Quando se trata de detecção precoce, o maior aliado é o exame de mamografia, pois detecta até lesões impalpáveis, imperceptíveis ao toque. Junto ao autoexame e hábitos de vida saudáveis, a mamografia forma um tripé de prevenção contra o câncer de mama.


Maria Cátia frisou que bons hábitos de vida são considerados como prevenção primária. Para isso, o paciente deve ter um sono regulado, alimentação saudável, praticar de exercícios e evitar o consumo de bebidas alcoólicas.


“Esses fatores têm muito poder nessa questão da prevenção do câncer de mama. A obesidade é um fator de risco bem alto para essa doença, além do fumo, estresse e outros maus hábitos de vida no geral. Ter bons hábitos já é uma inciativa bacana nessa questão de prevenção primária”, pontuou.


Após os hábitos saudáveis, o autoexame é o próximo pilar na prevenção contra o câncer de mama. A recomendação é que o paciente tenha uma postura observadora consigo mesmo, estar atento ao próprio corpo. “Se a pessoa conhecer o próprio corpo, vai notar no momento em que surgir alguma alteração e vai procurar um médico, diferente daquele paciente que não se observa e quando nota a doença já está em um estágio avançado”, disse a mastologista ao ressaltar a importância do procedimento no diagnóstico precoce.



Foto: Ascom Sesau | A mamografia é o exame mais eficiente no diagnóstico do câncer de mama


O terceiro pilar é a mamografia. É um exame de rastreamento, recomendado que seja feito anualmente para aquelas pacientes acima dos quarenta anos de idade, assintomáticas e fora do grupo de risco. “Se a paciente for de grupo de risco aí vai ser avaliado a partir de que idade ela tem que realizar o exame, mas será feito antes dos 40 anos de idade”, afirmou Maria Cátia.


Fazem parte do grupo de risco aqueles pacientes que tem familiares de primeiro grau que tiveram a doença, familiares do sexo masculino que tenham tido a doença ou que já tiveram biopsias prévias de doenças proliferativas.



Câncer de mama também pode acometer homens


O câncer de mama também pode acometer o homem, pois eles também possuem glândulas mamárias e estão sujeitos a doença. Os casos são mais raros, dos pacientes em tratamento apenas 1% são do sexo masculino, mas por se tratar de uma doença de altíssima incidência, o numero não é insignificante.


“É importante que o homem saiba que essa doença pode acometer o sexo masculino. Detectada a presença de um nódulo em um homem, ele também deve procurar o mastologista, também tem que fazer mamografia, ultrassom e biopsia assim como a mulher”, alertou a mastologista.

18 visualizações
AMAZOOM
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

O Amazoom é uma rede de comunicação, pesquisa e promoção da cultura localizado no estado de Roraima

www.redeamazoom.org orgulhosamente criado por Bryan Chrsytian Araújo. 2017