• Fernanda Fernandes

I Colóquio Nacional sobre o Clima reunirá pesquisadores, ambientalistas e jornalistas

Por Leonardo Lima e Marta Alencar


Nos dias 24 a 26 de agosto, a COAR realizará o I Colóquio Nacional sobre o Clima: diálogos para pesquisas acadêmicas e cobertura jornalística. O evento ocorrerá de forma on-line, com o apoio do Capítulo Brasil da União Latina de Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura (Ulepicc–Brasil) e do Laboratório de Investigação do Ciberacontecimento (LIC) da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).


Representantes de entidades ambientais e jornalísticas estarão reunidos para um debate aprofundado sobre desinformação climática e com o objetivo de apontar possibilidades e soluções para uma Amazônia livre e sustentável. Além de levantar discussões relacionadas aos desertos de notícias e violência de gênero.


O evento contará com representantes das seguintes entidades: Rede Nacional de Combate à Desinformação (RNCD); Capítulo Brasil da União Latina de Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura (Ulepicc–Brasil); Projor; Fiquem Sabendo; Desinformante; Fakebook.eco; Fundação Amazônia Sustentável (FAS); LIC – Laboratório de Investigação do Ciberacontecimento (LIC) da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos);InfoAmazonia; Digicult/UFERSA; FALA; Amazoom e Intervozes.

A inscrição no evento é gratuita, e pode ser feita acessando o formulário de inscrição. ACESSE AQUI! O evento tem emissão de certificado.


Confira a programação completa do evento:


  • Dia 24 de agosto


Manhã – 9h30 às 11h30


Mesa: Por uma Amazônia livre e sustentável


Palestrantes:


InfoAmazonia


A organização está confirmada, estamos aguardando apenas o nome do representante. Em breve, atualizaremos.


Fundação Amazônia Sustentável (FAS)


A organização está confirmada, estamos aguardando apenas o nome do representante. Em breve, atualizaremos.


Tarde – 14h às 16h30


Mesa: Desinformação climática: do negacionismo a teorias conspiratórias


Palestrantes:


Claudio Angelo – Fakebook.eco


Jornalista, é coordenador de Comunicação do Observatório do Clima e autor de A espiral da morte – como a humanidade alterou a máquina do clima (Companhia das Letras, 2016). É vencedor do Prêmio Esso de Jornalismo (informação científica e tecnológica, 2009) e do Prêmio Jabuti (ciências da natureza, meio ambiente e matemática, 2017).


Thais Lazzeri – FALA


Jornalista premiada e diretora da FALA, produtora de conteúdo e de filmes que trabalha em ecossistemas de impacto. Cria e desenvolve narrativas multimídia estratégicas e campanhas de impacto. Liderou projetos importantes em sua carreira. Também é documentarista e roteirista.

Em 15 anos, ganhou 14 prêmios de jornalismo. Em 2022, foi agraciada com o Stop Slavery Award, prêmio internacional concedido pela Thomson Reuters Foundation. Foi editora na agência de jornalismo investigativo da Repórter Brasil e na Folha de S.Paulo, repórter na revista semanal ÉPOCA (Editora Globo) e editora-assistente na revista mensal CRESCER, publicada pelo mesmo grupo.


Bryan Crystian – Amazoom


Graduado em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Federal de Roraima (2019), com período sanduíche na Universidad del Magdalena-Colômbia (2019), Mestre em Comunicação pela UFRR e Doutorando no Programa de Pós-graduação em Ciências da Comunicação (PPGCC) da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).


Vilso Junior Chierentin – Amazoom


Doutor em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2013), com período sanduíche na Universidade de Coimbra (2012-2013). Pós-Doutor em Filosofía y Ciencias Humanas en Nuestra América pela Universidad Nacional Experimental Simón Rodríguez (2019); e, em Epistemología y Metodología de la Comunicación pela Universidad de Guadalajara (2021).Atualmente, além de pesquisador e integrante do corpo docente do Curso de Comunicação Social – Jornalismo é vice-coordenador do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFRR e coordenador do AMAZOOM – Observatório Cultural da Amazônia e do Caribe. Também integra o Conselho Científico da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJOR).


  • Dia 25 de agosto


Manhã – 8h30 às 12h


Mesa: A Luta contra a desinformação e a garantia da liberdade de expressão nas plataformas digitais


Palestrantes:


Ana Regina Rêgo – RNCD


Jornalista pela Universidade Federal do Piauí (1996). Mestrado em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998). Doutora em Processos Comunicacionais pela UMESP (2010), com estágio de doutorado na Universidad Autónoma de Barcelona -UAB (2009). Pós-Doutorado em Comunicação e Cultura pela ECO-UFRJ(2020). Coordena o NUJOC-Núcleo de Pesquisa em Jornalismo e Comunicação e o Projeto Memória do Jornalismo Piauiense. Criou e Coordena atualmente a Rede Nacional de Combate à Desinformação RNCd Brasil. Participa da Rede de Grupos de Pesquisa em Historicidade dos Processos Comunicacionais e da Rede Latino-americana de História da Comunicação. Ex-presidenta da Associação Brasileira de Pesquisadores de História da Mídia-ALCAR e da Federação Brasileira das Associações Científicas e Acadêmicas da Comunicação-SOCICOM.


Ronaldo Henn – LIC da Unisinos


Professor/pesquisador no PPG em Ciências da Comunicação da Unisinos/RS, com doutorado e mestrado em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1994 e 2000), e estágio de pós-doutorado na Universidade Nova de Lisboa (2015/2016). Pesquisa produção e proliferação de acontecimentos nas redes e plataformas digitais, com foco em diversas temáticas. É pesquisador PQ/CNPq Nível 2. Integra os projetos RISE SMA Social Media Analytics for Society and Crisis Communication (consórcio de pesquisa financiado pela União Europeia) e o Probal DAAD/Capes Misleading imagery. The influence of visualizations on fake news dissemination on social media. Participa do GT Estudos do Jornalismo da Compós (foi coordenador e vice entre 2009 e 2012) e do GP Semiótica da Comunicação da Intercom.


Rafael Grohmann – Universidade de Toronto


Professor de Estudos Críticos de Plataformas e Dados da Universidade de Toronto. Coordenador do Laboratório DigiLabour. Coordenador do Fairwork Brasil. Diretor Científico da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação (COMPÓS). Diretor da Labor Tech Research Network. Membro do Conselho Científico do Center for Critical Internet Inquiry (C2i2), Universidade da California, Los Angeles (UCLA). Membro do Corpo Editorial das revistas Big Data & Society e Work, Employment and Society. Doutor e Mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP). Realizou estágio de pós-doutoramento na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).


Tarde – 14h às 16h


Mesa: Desigualdade de Gênero e Violência contra a Mulher


Palestrantes:


Maria Clara Aquino BittencourtLIC da Unisinos


Doutora e mestre em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com Pós-Doutorado em Ciências da Comunicação pela Unisinos. Atualmente é pesquisadora e docente do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Coordenadora do grupo de pesquisa Laboratório de Investigação do Ciberacontecimento (LIC). Pesquisadora do CNPq nível 2. É docente e pesquisadora no PPG de Ciências da Comunicação e docente na graduação nos cursos de Comunicação Digital, Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Relações Públicas da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Atua como parecerista de periódicos nacionais e internacionais. Além dos projetos de pesquisa que coordena, tem envolvimento com projetos nacionais e internacionais, na Unisinos e em parceria com universidades na Espanha e Inglaterra.


Ariene Susui – Ativista indígena e mestranda em Comunicação (PPGCOM-UFRR)


Ativista indígena do povo Wapichana, da comunidade indígena Truaru da cabeceira, Terra Indígena Truaru, Estado de Roraima. Atua desde os 14 anos no movimento indígena pela participação dos jovens e das mulheres nas discussões políticas, ambientais e educação. Possui graduação em Comunicação Social: Hab. Jornalismo pela Universidade Federal de Roraima. Mestranda em Comunicação, Territorialidades e Saberes Amazônicos no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Roraima (PPGCOM-UFRR). Desenvolve pesquisa sobre comunicadores indígenas, comunicação comunitária e alternativas. Foi assessora de comunicação do Conselho indígena de Roraima, contribuiu na comunicação da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab) e atualmente atua como jornalista independente na Amazônia.


Tarde – 16h30 às 17h50


Mesa: Desertos de notícias: mapeando fontes de informações no Brasil


Palestrantes:


Francisco Belda – Projor


Professor do Departamento de Comunicação Social da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (Faac) da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), no campus de Bauru, São Paulo. É colíder de The Trust Project no Brasil e cumpre atualmente seu segundo mandato como presidente do Projor – Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo (2019-2021, 2021-2023), entidade que mantém o Observatório da Imprensa. Professor e ex-coordenador do Curso de Jornalismo e docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Mídia e Tecnologia (PPGMiT) da Unesp, no qual atuou como vice-coordenador do Curso de Doutorado e membro do conselho do Curso de Mestrado Profissional. É docente colaborador no Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar (PPGEE) na Faculdade de Ciências e Letras (FCL) da Unesp, em Araraquara, onde atua na linha de pesquisa de Política e Gestão Educacional.


Marta Alencar – COAR


Doutoranda em Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Campus São Leopoldo. Mestra em Comunicação pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Especialista em Gestão de Marketing Digital pelo Centro Universitário Uninovafapi (2014). Possui graduação em Comunicação Social pela Faculdade de Ciências Humanas da Saúde, Exatas e Jurídicas de Teresina (2012). Fundadora da COAR (Startup Jornalística e Educativa de Debunking e de Fact-Checking no Nordeste), do Podcast E-COAR e do Projeto Educacional de Cursos Livres, COAR EDUCA. É membra do Laboratório de Investigação do Ciberacontecimento (LIC) da Unisinos.


  • Dia 26 de agosto

Manhã – 8h30 às 10h


Mesa: Leis no combate à desinformação e transparência de recursos ambientais


Palestrantes:


Mathias Felipe – Desinformante


Jornalista, cientista da computação e pesquisador. Atualmente é pesquisador e jornalista no projeto Desinformante e coordenador do projeto colaborativo PlenaMata, uma plataforma de dados e notícias sobre desmatamento na Amazônia produzida por InfoAmazonia, Natura, MapaBiomas e hacklab/. Também é pesquisador pós-doutorando no Observatório de Mídia Digital e Sociedade (DMSO) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Já trabalhou como jornalista esportivo para Olympic Broadcasting Services (OBS) e jornalista de dados para o La Nación. Anteriormente, foi pesquisador na Universidade de Navarra, Espanha, no âmbito do projeto JOLT, uma Marie Skłodowska-Curie European Training Network financiada pelo programa Horizonte 2020 da Comissão Europeia e pesquisador visitante na Queensland University of Technology (QUT) em Brisbane, Austrália. Mathias Felipe é co-editor do livro “Journalism, Data and Technology in Latin America” publicado pela Palgrave Macmillan em 2021.


Taís Seibt – Fiquem Sabendo


Jornalista, doutora em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)​. Professora da Unisinos e do MBA em Jornalismo de Dados do IDP. Coordena o Desafio Nuvem de Educação Midiática (Unisinos) e é uma das líderes do Núcleo de Estudos em Jornalismo de Dados e Computacional – DataJor (CNPq/IDP). É criadora da ​Afonte Jornalismo de Dados​ e gerente do projeto WikiLAI na agência de dados ​Fiquem Sabendo.


Tarde – 14h30 às 16h


Mesa: PL das Fake News x Indústria da Desinformação


Palestrantes:


Viviane Tavares – Intervozes


Jornalista, especialista em Gestão Estratégica da Comunicação e mestranda em Tecnologias de Comunicação e Cultura (UERJ). Foi repórter especializada em saúde, educação, política e direitos humanos em veículos como Revista Poli, Brasil de Fato e Jornal do Brasil. Em sua trajetória trabalhou com comunicação institucional, marketing político, advocacy e gerenciamento de projetos. Atualmente é da secretaria executiva do Intervozes e coordena o projeto Combate à desinformação e discurso de ódio na Amazônia.


Manoel Bastos – Ulepicc-Brasil


Professor Adjunto de Comunicação, Cultura e Sociedade na Universidade Estadual de Londrina. Doutor em História e Sociedade pela Unesp (Assis) – com bolsa da Fapesp. Possui graduação em Comunicação, com habilitação em Jornalismo pela Universidade de Brasília (2001) e mestrado em Comunicação e Cultura Contemporânea (na linha Estudos da Imagem e do Som) pela mesma Universidade de Brasília (2004). Concluiu em 2010 um pós-doutorado em História Social do Trabalho pela Universidade Federal de Santa Catarina. Coordena o Laboratório CUBO – Comunicação e Crise do Capitalismo, na Universidade Estadual de Londrina. Atualmente, é presidente da União Latina da Economia Política da Informação, Comunicação e Cultura – Brasil (Ulepicc-BR). É membro da editoria da Revista Eptic.

Rodrigo Vieira – DiGiCULT/UFERSA


Coordenador do Curso de Direito da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Investigador Visitante com Estágio Pós-Doutoral no Centro de Estudos Sociais (CES) na Universidade de Coimbra (2020-2021). Docente Permanente do Programa de Mestrado em Direito da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (PPGD/UFERSA). Doutor em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre em Direito Constitucional pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Graduado em Direito pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). Pesquisador-Líder do DiGiCULT/UFERSA – Estudos e Pesquisas em Direito Digital e Direitos Culturais. Membro do Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Direito da UFERSA. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Direitos Culturais da Universidade de Fortaleza (GEPDC/UNIFOR). Membro do Grupo de Estudos de Direito Autoral e Industrial da Universidade Federal do Paraná (GEDAI/UFPR). Membro do Instituto Brasileiro de Direitos Culturais – IBDCULT. Membro do Instituto de Pesquisa, Direitos e Movimentos Sociais (IPDMS).


Para maiores informações, entre em contato pelo email: coarnews@gmail.com.


Fonte: COAR

5 visualizações0 comentário