• tatianehilgemberg

Em Visita a Roraima, Ministra Damares Alves cumpre agenda em Boa Vista, Pacaraima e Mucajaí

Durante visita anuncia implantação de escritório do ministério no Estado para tratar de assuntos migratórios


Por Jéssica Cruz

Em visita a Roraima pela primeira vez a Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Damares Alves, veio conferir de perto a situação migratória no estado e lançar em Boa Vista o programa “Viver, envelhecimento ativo e saudável”, inclusão digital na terceira idade por meio da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (SNDPI) com a instalação de uma sala de informática com 20 computadores no Rede Cidadania Melhor Idade.

Acompanhada da Secretária Nacional de Direitos Raciais - Sandra Terena, Secretário Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa - Antonio Costa, Governador do Estado - Antonio Denarium e a secretária de Estado do Trabalho e Bem Estar Social - Tânia Soares, a ministra cumpriu uma agenda de dois dias intensos, 18 e 19, se reuniu com o Comando da Operação Acolhida, lideranças indígenas, Casa da Mulher Brasileira, e estendeu agenda nos municípios de Mucajaí e Pacaraima.

Em Mucajaí participou da solenidade de lançamento do “Programa Espaço 4.0, da Secretaria Nacional da Juventude, programa voltado para o incentivo ao acesso à tecnologia e empreendedorismo entre jovens. Em seu discurso a Ministra destacou que a prioridade do Governo Bolsonaro é cuidar de crianças, jovens, mulheres e idosos. “Nosso objetivo é mudar o Brasil”, disse ela.

No dia seguinte, 19, a comitiva realizou deslocamento via terrestre, para conferir a realidade de imigrantes que fazem o trajeto a pé até Boa Vista. Em Pacaraima visitou as instalações da Operação Acolhida, centro de triagem ao imigrante, abrigos e o hospital de campanha montado pelo exército na fronteira. Ouviu imigrantes e reforçou o apoio aos Venezuelanos. No retorno reuniu com lideranças indígenas da comunidade Sorocaima. Em sua fala o Tuxaua da Comunidade Raposa destacou a necessidade de ajuda para os povos indígenas. “somos um povo esquecido, e o que queremos é trabalhar e ter mais ajuda do governo federal” disse o tuxaua Marcos Macuxi.

Ao retornar de Pacaraima em seu pronunciamento a Ministra anunciou em entrevista coletiva que o Estado de Roraima precisa de ajuda com a Imigração e estará alocando recursos para cuidar das mulheres e crianças no Estado “estarei implementando a partir de agora um escritório fixo do ministério em Boa Vista para tratar da situação imigratória, vamos intensificar a interiorização

com a parceria de entidades religiosas e que apoiam o nosso trabalho”. Na ocasião apresentou a nova assessora do Ministério para assuntos Migratórios em Roraima Claudia Alves.

20 visualizações
AMAZOOM
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

O Amazoom é uma rede de comunicação, pesquisa e promoção da cultura localizado no estado de Roraima

www.redeamazoom.org orgulhosamente criado por Bryan Chrsytian Araújo. 2017