• Amazoom

Do Parixara ao Areruia - conheça a vencedora do prêmio de melhor dissertação do ano

Por: Juliana Dama

Foto: Juliana Dama

Jucicleide Pereira, pesquisadora indígena da etnia Wapixana, foi a vencedora do prêmio “Dirce Côrtes Riedel” de melhor dissertação, realizado no XVI Congresso Internacional da Abralic, na Universidade de Brasília (UnB). O trabalho, denominado “Do Parixara ao Areruia”, foi produzido para o Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de Roraima(PPGL/UFRR) e orientado pelo professor Devair Antônio Fiorotti.


Por meio de análise da estrutura musical e poética dos ritos, o estudo demonstra as fortes influências do parixara no areruia. De acordo com autora, o areruia origina-se com a chegada dos primeiros missionários em Roraima e forma-se através de processos de transculturação.

“Houve um percurso do parixara ao areruia. Ele resultou da adaptação de novos elementos culturais e musicais que os indígenas agregaram no decorrer da história desses cantos. As traduções ocorreram envolvendo a religião cristã e o mundo indígena. Esse misto de conteúdo, no contexto musical, deu origem ao canto areruia, entretanto, nos dias atuais, existem novas versões tanto do areruia quanto do parixara que agregam mais do cotidiano indígena, não se atendo somente à religião cristã”, descreve.

Jucicleide afirma que ter o reconhecimento de seu estudo é resultado de muito esforço. Para ela, o prêmio além de elevar a UFRR e a cultura roraimense, também contribui com a escassa bibliografia sobre o assunto.

Certificado de 1º lugar no prêmio Dirce Côrtes Riedel. Foto: Juliana Dama

“Foi o trabalho mais significativo que já fiz, e um momento muito importante para mim como indígena. Em uma época em que nossos povos têm sido tão atacados, conseguir alcançar esse lugar é um grande privilégio”, conta.

SOBRE A AUTORA

Jucileide Pereira Mendonça dos Santos é mestre em Letras pela Universidade Federal de Roraima (2018), graduada em Licenciatura Plena em Música pela Universidade de Brasília (2018); especialista em Metodologia do Ensino de Artes pelo Centro Universitário Barão de Mauá (2014), graduada em Letras -Licenciatura Plena em Português e Espanhol pela Universidade Católica de Pernambuco (2009), e bacharel em Música Sacra (Curso Livre) Hab. Canto pelo Seminário Teológico Batista do Norte do Brasil (2006).


Atuou como pesquisadora do CNPq no Projeto Panton Pia na UFRR, sob a orientação do professor Devair Antônio Fiorotti. O programa, surgido em 2007, registra e analisa narrativas orais de povos indígenas do estado de Roraima.


17 visualizações
AMAZOOM
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

O Amazoom é uma rede de comunicação, pesquisa e promoção da cultura localizado no estado de Roraima

www.redeamazoom.org orgulhosamente criado por Bryan Chrsytian Araújo. 2017