top of page
  • Amazoom

Dados públicos: Amazoom e Fiquem Sabendo promovem formação para comunicadores da Amazônia

Programa, que conta com o apoio do projeto Enraizado na Confiança, da Internews, realizará sua primeira oficina online dia 7 de dezembro. Faça sua inscrição aqui.


A agência de dados Fiquem Sabendo (FS) realizará um programa de formação de jovens comunicadores da Amazônia para o uso da Lei de Acesso à Informação (LAI) nos territórios de atuação do projeto Enraizado na Confiança, da Internews.

Serão realizados encontros de formação e orientação dos participantes, em parceria com o Amazoom, tendo como público-alvo jovens comunicadores matriculados ou não no Curso de Comunicação Social - Jornalismo da Universidade Federal de Roraima (CCOS-UFRR), preferencialmente ingressantes pelo Processo Seletivo Especial Indígena (PSEI) da universidade, e lideranças de movimentos indígenas e indigenistas da região.


O programa tem como objetivo proporcionar formação técnica complementar gratuita a comunicadores indígenas e não indígenas para o acesso a dados públicos com a LAI, como instrumento de defesa de outros direitos fundamentais nos territórios e verificação de rumores que afetam as comunidades.

A primeira será realizada no dia 7 de dezembro (quarta-feira), às 14h30 na hora local de Roraima (15h30 pelo horário de Brasília). Com 2h de duração, o encontro será para falar das possibilidades de acesso à informação e definir as temáticas de investigação de interesse dos participantes, a partir de suas experiências nas comunidades e de rumores monitorados pelo projeto Enraizado na Confiança nos territórios, com ênfase em questões de saúde.

“Num estado como Roraima, onde transparência é mito e o acesso a informação é muito mais difícil que o acesso físico ao próprio estado e suas políticas públicas, projetos como este representam a chance para estudantes de Jornalismo e ativistas locais incorporar algo novo no seu fazer, rumo a um fazer diferente e transformador” - Vilso Junior Santi, coordenador do Amazoom.

A equipe da FS, especializada em LAI, manterá um canal de orientação assíncrona para acompanhar a redação e registro dos pedidos de informação, além da avaliação e análise de respostas.

“O foco é oferecer experiência prática orientada para redação e registro de pedidos de informação nos canais de atendimento ao cidadão regionais, para produção de reportagens e denúncias com a perspectiva local, criando uma rede de multiplicadores que possam promover a formação de outras lideranças para uso da LAI nos territórios” - Taís Seibt, gerente de Educação da Fiquem Sabendo.

Na segunda oficina, a ser realizada em janeiro de 2023, os participantes irão produzir seus relatórios, denúncias ou reportagens a partir da experiência com a LAI. O material poderá ser reproduzido nos canais das organizações, como a newsletter Don’t LAI to me, em que a FS distribui dados públicos para reutilização na imprensa, e a plataforma WikiLAI, que reúne modelos e tutoriais para o acesso à informação.


O que: Oficina WikiLai (Fiquem Sabendo / Amazoom / Internews).
Quando: 7 de dezembro (quarta-feira), às 14h30 na hora local de Roraima (15h30 pelo horário de Brasília).
Onde: Oficina online.
Inscrições: Aqui.

Tudo o que você precisa saber sobre a Lei de Acesso à Informação (LAI) está aqui!

154 visualizações0 comentário
bottom of page