• karolsousales

Alunos e professores precisaram adaptar a rotina para as aulas online

Atualizado: Mar 19

Alunos e professores precisaram adaptar a rotina para as aulas online


Pais, alunos e professores relatam dificuldade nas aulas remotas


Por Bruna e Karol


Em março de 2020 quando a OMS (Organização Mundial da Saúde), decretou a pandemia da Covid-19, estudantes de todo o país e do mundo passaram a ter aulas totalmente virtuais e tiveram que se adequar a uma nova rotina.


A pandemia proporcionou mudanças drásticas nas atividades do dia a dia de todos. Os trabalhos passaram a ser em home office e aulas totalmente virtuais. Estudantes e professores do mundo inteiro tiveram que se adaptar à nova rotina. Pais, alunos e os próprios professores tiveram grandes desafios para seguir com as aulas. Como é o caso da professora de história, Nilcelita Soares, ela atua na rede pública de ensino há 18 anos e falou que o período de pandemia foi o mais desafiador para ela como professora.


Professora Nilcelita Soares (Foto: arquivo pessoal).


Segundo a professora, ela teve que participar de cursos oferecidos pela Secretaria de Educação (Seed), para poder ministrar as aulas aos estudantes “No início foi uma grande novidade, os alunos estavam eufóricos, eu tive que adaptar a minha casa para trabalhar com eles a distância, muitos não puderam acompanhar e o início foi bastante desafiador”.


A pandemia afeta diretamente a educação, principalmente no Brasil, já que o país ocupa o 8º lugar no ranking de países mais desiguais do planeta. Para a professora Lita, a pandemia é um alerta para a educação. “Antes da pandemia era comum ouvir que a educação precisava de reformulação e agora é mais que urgente que elas aconteçam e possam levar um ensino de forma igualitária a todos os alunos”, finalizou a professora.


"Não é um processo fácil, pois você ter o aluno naquele horário de sair de casa, ir pra escola, acompanhar cada disciplina presencialmente, a forma de aproveitamento é muito melhor do que ter a criança dentro de casa, com outros irmãos, o movimento da casa, tem os pais que nessa hora está no trabalho.", destaca Hilana Coêlho, mãe de três alunas do ensino fundamental.


Estresse infantil


Aluna em aula remota (foto: Karolline Sales)


É importante que os pais fiquem atentos à saúde física e mental das crianças, tendo em vista que no último ano devido às restrições de isolamento, muitas passaram a ficar mais tempo em casa sem interações com outras crianças e sem praticar atividades de recreação.

"Eu não consigo me concentrar, fico com preguiça de terminar as atividades, é um método que não consegui me adaptar", comenta a aluna Ana Teresa de 13 anos.


Os pais também devem estar atentos ao uso indevido de celulares e redes sociais e carga de obrigações direcionadas às crianças. É importante que estes alunos, sejam crianças ou adolescentes tenham um momento de descontração para a realização de atividades lúdicas e a que pratiquem atividades físicas, mesmo que dentro de casa.


10 visualizações0 comentário
AMAZOOM
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon

O Amazoom é uma rede de comunicação, pesquisa e promoção da cultura localizado no estado de Roraima

www.redeamazoom.org orgulhosamente criado no curso de Jornalismo da UFRR em 2017